Mais de 5,7 mil produtos foram apreendidos pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) nas cidades de Betim(MG) e Cajamar(SP). Os produtos estavam em armazéns e centros de distribuição